Pare de bater cabeça atrás da coragem - A resposta está no seu corpo

Ser Mulher

Pare de bater cabeça atrás da coragem - A resposta está no seu corpo

05/08/2019
Seja você, também, uma mulher de essência

Faça parte da lista da Laura e receba conteúdos exclusivos com prioridade

Basicamente existem 3 aspectos para você desenvolver e ter coragem para viver a sua vida de forma mais produtiva, assertiva e satisfatória.

1° – Ter mais consciência e saber o que você tem medo de perder 

2° – Expressar mais quem você é sem se esconder atrás de personagens

3° – Entrar em ação enfrentando os desafios de forma consistente

– Ah… Laura… falar é fácil!

– Eu sei… e concordo com você.

mas deixa eu te mostrar uma coisa.

Ter mais consciência é ponto pacífico, não há o que questionar, mas dentro dessa tomada de consciência é importante considerar que sua falta de coragem está diretamente ligada à percepção da perda de alguma coisa.

Muitas vezes, deixamos de fazer alguma coisa porque, em geral, conquistar algo significa perder outro algo e isso que é difícil enfrentar.

Esse medo é mais forte em pessoas que viveram de forma mais dolorida, o período inicial da sexualidade, como expliquei no artigo [O formato do seu corpo revela como sua mente funciona].

Quando criança, por volta dos 4 anos, começamos a perceber que o mundo é feito de pares, papai e mamãe, vovô e vovó, titio e titia e por aí vai… nesse momento a criança percebe que precisa competir com esses pares para não ficar de fora. Ela vive a sensação de perda, entende? A menina perde o pai para a mãe e o menino perde a mãe para o pai.

Essa experiência não só marca o corpo emocional como determina como sua mente vai funcionar para sobreviver a esse novo ambiente em que ela corre o risco de perder o seu lugar ou perder alguma coisa.

Pelo formato do corpo é possível analisar quem viveu essa dor existencial de forma mais intensa.

Em geral, o adulto que vive na dor, permanece com medo de perder alguma coisa e tem dificuldade para decidir. Vive dividido. Se… eu escolher uma coisa vou perder outra e vice versa.

Depois que a pessoa passa pela Análise Corporal ela entende seu funcionamento mental e descobre quais recursos possui para lidar com essa situação. Um dos recursos é a proatividade e, também, a agilidade. São pessoas que partem para a ação muito rápido e por isso a importância de conhecer seu mapa da análise corporal.

Quando esse entendimento não é acessado, a pessoa continua dividida nas suas decisões bloqueando sua energia da coragem e comprometendo o segundo caminho que é a expressão de quem você é, sem criar personagens. 

Percebe que um ponto compromete o outro?

Sem consciência do funcionamento da sua mente, você permanece com medo de perder alguma coisa. Isso te trava na livre expressão de quem você é porque você vai se culpar fortemente e, por final, essa trava vai impedir que você use seus recursos para agir, enfrentando seus desafios.

Sendo assim, para ter coragem na sua vida, você pode escolher dentre duas opções:

1 – Vai batendo a cabeça, sofrendo no meio do caminho, acertando e errando sem entender o que acontece com você… pode ser que em algum momento você se sinta corajosa;

ou…

2 – Você descobre através do formato do seu corpo como sua mente funciona. Acessa todos os seus recursos para resolver seus problemas e como consequência, cria mais coragem para viver a sua vida. Uma coragem consciente.

Pode acreditar… analisar o formato do seu corpo é um grande atalho para resolver suas questões.

Faz sentido pra você? Deixe seu comentário aqui embaixo…


Olá,

o que você achou deste conteúdo? Sua opinião é muito importante pra mim...

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

4 Replies to “Pare de bater cabeça atrás da coragem – A resposta está no seu corpo”

Marise

Estou me interessando por essa nova vertente.
Não conheço muito, mas vou pesquisar e te acompanhar.
Gostando 👏👏👏👏👏

laurablog

Fico feliz com seu interesse… continue acompanhando que vamos continuar falando sobre o tema.

Karen

Boa noite!
Gostei muito do texto!
Mas e quando se está bem acima do peso? Mesmo assim têm como saber o formato do nosso corpo?

laurablog

Karen, independente do peso, tecnicamente, temos como saber sim, o formato do corpo…